Domingo, 25 de Maio de 2008

Reflexão - Por detrás da (in)segurança

Antes de dar início à reflexão de hoje quero lembrar-vos, a todos, que esta é a última reflexão individual, aqui, no lourescriativa.blogs.sapo.pt. Efectivamente, os Domingos foram, desde Outubro, dias em que falámos das nossas cidades, das cidades que nos servem de referência, das nossas cidades de sonhos. Hoje, falarei do problema da insegurança na cidade de Loures, aspecto do qual muitas das pessoas com que contactámos referiram como um dos mais negativos.

Devo começar por dizer que nunca diria que a insegurança é um dos principais problemas da cidade de Loures. No entanto, como foi referenciado por algumas pessoas, tive curiosidade em procurar informações.
Foi, então, com algum espanto que descobri que problemas como tráfico de armas/drogas, carjacking e crimes passionais têm vindo, cada vez mais, a ser associados a Loures. Não obstante, é importante referir que estão relacionados não tanto com a nossa cidade, mas antes com a zona oriental do nosso concelho (Moscavide, Sacavém, Apelação).
Apesar de não me considerar tão informada que me seja possível uma grande reflexão acerca deste tema, penso que posso dizer que estes não são problemas que afectem especialmente Loures. Efectivamente, Portugal tem-se esforçado não só por ser demasiado conivente com os crimes de colarinho branco, mas também por fazer um tremendo alarido quando há qualquer “pequeno” crime sem que, muitas das vezes, sejam desmistificadas as razões para determinados comportamentos delinquentes. Digo isto porque, na verdade, sabe-se destes pequenos crimes porque são tremendamente empolados pelos órgãos de comunicação e, não obstante, são poucas as vezes em que podemos, em horário dito nobre, ver explicados tais comportamentos fora-da-lei.
É habitual ouvir dizer que os culpados desta vaga de insegurança são os imigrantes. Raciocínio simples, simplista e simplório, que tem vindo a ser orgulhosamente passado, de geração em geração. Muito embora todos nós saibamos que a relação entre criminologia e emigração não é linear, convém relembrar, para os que estão menos atentos, que até parece que se faz um esforço para tornar a relação linearíssima…
Assim, enviámos, enviamos, e continuaremos a enviar, com todos os decretos-lei que nos permitem fazê-lo, os ciganos, os africanos e outros tantos que, aos olhos da sociedade, sejam potenciais criminosos, para bairros sociais, onde, honrosamente, lhes são dadas todas as condições para que não lhes restem dúvidas de que, felizmente, merecem um tratamento completamente diferente daqueles que com eles partilham o local de trabalho ou a escola.
Efectivamente, esta preocupação em criar pequenos mundos dentro do nosso país, para que possamos, teoricamente, manter vivas e intactas as nossas tradições, tem criado microssistemas de angústia, raiva e incompreensão que, já nos dizia Lorenz, potenciam a agressividade.
A meu ver, há um grande caminho a ser feito, no sentido de promover a igualdade de oportunidades, porque não se pode pedir a ninguém que se reja pelas regras de um país do qual não se sente parte. Assim sendo, dever-se-ia promover acções que possibilitassem um melhor conhecimento do outro. O que julgo ser um bom exemplo é o Festival Ponta de Língua (em termos de acção pontual) e as políticas de integração social que apostam em espaços de encontro entre as diferentes culturas.
A par desta questão, é importante sensibilizar a população para uma série de precauções que se devem tomar, de forma a se evitar ser vítima de qualquer acto criminoso, bem como para participar à polícia qualquer ocorrência.
Em suma, penso que a questão da insegurança tem sido muito "hiperbolizada", sem que deixe de ser, por isso, merecedora de uma reflexão em termos sociais. A criminalidade não é um gene, mas antes um resultado da educação que recebemos dos pais e da relação que estabelecemos com o meio.
 
Cátia Sofia Terrinca
publicado por Loures Criativa às 00:15
link do post | comentar | favorito

*mais sobre nós

*Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

*pesquisa

 

*recordações

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

*deixa a tua marca


*banda sonora

*links

*tags

* a nossa terra quer

* ambiente

* associativismo

* bucelas

* cidadania

* cine-teatro

* conventinho

* cultura

* cultura popular

* eclodir azul

* emcena

* entrevista

* festa

* fórum

* loures

* loures criativa

* loures.tv

* multiculturalidade

* museus

* portalegre

* projecto

* quinta do conventinho

* rancho

* resumo

* segurança

* sic

* tapeçaria

* teatro

* til

* triângulo

* urbanismo

* todas as tags