Domingo, 1 de Junho de 2008

Reflexão sobre o Loures Criativa

Apesar de faltar ainda uma semana para terminar o ano lectivo, já nos é possível fazer uma apreciação geral do trabalho desenvolvido desde Outubro do ano passado. Efectivamente, no decurso do projecto Loures Criativa, foram muitas as aprendizagens que fizemos, bem como as dificuldades que ultrapassámos.

A nossa primeira grande dificuldade residiu no facto de nem todos os elementos do grupo terem computador em casa com acesso à Internet. Partindo dessa realidade, adoptámos, como estratégia de compensação, fazer uma distribuição de tarefas que permitisse aos elementos do grupo, que não dispõem de Internet em casa, uma maior participação nas actividades extra-aula que não envolvessem o meio de comunicação acima referido.

No segundo período, confrontamo-nos com uma série de atitudes e comportamentos de um dos elementos do grupo que vinham, progressivamente, a inviabilizar o sucesso do nosso projecto. Assim sendo, depois de uma reunião, foi-nos comunicada a intenção da nossa colega em abandonar o grupo de trabalho. Embora tenhamos ficado surpresas com esta decisão, rapidamente reestruturamos o projecto e reafirmamos a nossa capacidade para dar continuidade ao trabalho.

Por último, já no terceiro período, deparámo-nos com uma situação de stress. No dia 22 de Abril, data inicialmente marcada para o Fórum Cultural, tivemos, pela primeira vez, de tomar, publicamente, uma decisão rápida, face à falta de comparência de algumas das entidades convidadas para o evento. Neste sentido, optámos por não realizar o fórum naquele dia, depois de termos confirmado que as entidades que tinham comparecido estavam disponíveis para vir a um segundo Fórum Cultural.

Foi, também, no decorrer do terceiro período que nos deparámos com uma situação muito desagradável: a destruição de todos os conteúdos do nosso blogue. Como é óbvio, este contratempo afectou-nos bastante. No entanto, mais uma vez, a equipa teve a força suficiente para recuperar parte do trabalho, a cerca de duas semanas do fim do projecto.

Efectivamente, o balanço do projecto é extremamente positivo. Foi com o Loures Criativa que aprendemos a conhecer melhor a nossa cidade, a contactar com a comunicação social e com órgãos políticos, a trabalhar com linguagem html, a resolver problemas rapidamente, a trabalhar em grupo, a lidar com situações de stress e, sem dúvida, a acreditar nas nossas capacidades.

Este projecto levou-nos, indubitavelmente, muito mais além do que, primeiramente, havíamos pensado. Hoje, somos reconhecidas enquanto grupo criativo, que está completamente empenhado em tornar Loures uma cidade esteticamente mais agradável, em ajudar à formação de cidadãos conscientes e participativos e em dinamizar a cultura e o urbanismo da nossa cidade. Faz, também, parte dos nossos objectivos futuros dar continuidade ao Loures Criativa, para que este não seja apenas um “projecto de escola”, mas sim um projecto que vise o melhoramento da nossa cidade, mesmo que, para isso, nos tenhamos de associar a outras identidades e ampliar este projecto a todos aqueles que queiram fazer parte dele.

Catarina Duarte
Cátia Terrinca
Núria Godinho
Sofia Cunha 
 
 
publicado por Loures Criativa às 23:34
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Ana a 6 de Junho de 2008 às 11:30
Muito bem. Excepto num detalhe incontornável: o comentário que fazem à vossa ex-colega de grupo, simplesmente não se faz. Nem cola. Além de falso e injusto, revela total distorção dos factos c/ o único objectivo de sobressairem como se a glória tivesse sido desde o início exclusivamente vossa. O elemento a quem voçês tão caluniosa e ingratamente se referem trabalhou com afinco e publicou vários textos, entre outros trabalhos nos bastidores; que eu saiba, vocês não deitaram nada fora do que ela fez, pois não? Pelo contrário, beneficiaram com o contributo dela até cerca de meados do 2º período, não foi?
Desentendimentos podem acontecer em qualquer grupo de trabalho sem desmérito para ninguém; agora, desentendimentos ou mal-entendidos não justificam que se venha para a praça pública dizer mal ... porque sim, apetece-nos!
Se eu fosse a vossa colega, exigiria uma desculpa pública da vossa parte! Creio que apenas uma de vocês poderá gabar-se de ter um percurso académico idêntico ao dela - um percurso irrepreensível e brilhante; que não é só por ela ser muito inteligente mas também por ser muito trabalhadora, aplicada e responsável. Até ao 11º ano esteve sempre no quadro de honra e de excelência; saltou do 8º para o 10º e completou este último com média de 19 ,2 valores. E vocês querem fazer crer que uma pessoa com estas características vinha, segundo as vossas palavras, "progressivamente a inviabilizar o sucesso do nosso projecto"?! Uma aluna que sempre teve brio em tudo o que faz e é extremamente perfeccionista?? Acreditam mesmo nisso?! Não creio. Pretender denegrir a boa imagem de uma colega só para se sobressair é muito, mas muito feio - em qualquer idade, em qualquer época. Aprendam a ser mais honestas e um pouco... mais modestas, que vos ficará bem!
De Ana a 6 de Junho de 2008 às 14:59
** vocês (erro de dactolografia), rectifico.

Comentar post

*mais sobre nós

*Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31

*pesquisa

 

*recordações

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

*deixa a tua marca


*banda sonora

*links

*tags

* a nossa terra quer

* ambiente

* associativismo

* bucelas

* cidadania

* cine-teatro

* conventinho

* cultura

* cultura popular

* eclodir azul

* emcena

* entrevista

* festa

* fórum

* loures

* loures criativa

* loures.tv

* multiculturalidade

* museus

* portalegre

* projecto

* quinta do conventinho

* rancho

* resumo

* segurança

* sic

* tapeçaria

* teatro

* til

* triângulo

* urbanismo

* todas as tags